Top 12 Filmes da May

Eu me rendi às listas de top 10 e similares, mas pra ser sincera, é um jeito bem legal de preencher semanas em que eu tô sem ideia.

Além disso, esse é um post pro projeto 12 meses 12 coisas. Esperem um top 12 todo mês esse ano!

1. Princesa Mononoke

Princesa MononokeAnimação japonesa dirigida por Hayao Miyazaki, produzido pelo Studio Ghibli. A história acompanha Ashitaka, líder de um vilarejo, que sai em busca de uma cura para a maldição que recebeu após defender seu povo de um deus-javali. No caminho, ele conhece a cidade humana de Lady Eboshi e descobre da guerra que ela trava contra os espíritos da natureza pelo controle dos recursos naturais dos quais a sobrevivência de todos depende. No meio desse conflito está San, uma garota humana criada por espíritos lobos desde pequena. Ela luta fervorosamente para ajudar os espíritos nesses embates.

O filme é uma experiência intensa e maravilhosa. Muito bem animado e desenhado, a história não pinta ninguém de vilão, todos os personagens tem seus motivos e objetivos e o público pode simpatizar com todos eles. Eu realmente me encanto com tudo que sai das mãos de Miyazaki, vale muito a pena conferir

2. A Viagem de Chihiro

A Viagem de ChihiroEsse foi o primeiro filme do Studio Ghibli – sim, de novo – que eu vi no cinema. E eu me apaixonei. Acho que posso dizer que é o meu preferido de todos os tempos.

A história acompanha Chihiro, que está de mudança com os pais para uma cidade nova. No caminho, eles se deparam com um estranho túnel, que os leva a uma cidade aparentemente deserta. Lá, seus pais se encantam com a comida fresca e, até onde eles sabem, abandonada e começam a se deliciar, sem notar que estão virando porcos! Chihiro então se vê lançada numa aventura para recuperar os pais e voltar pra casa.

Sério, vejam esse filme. Todos os personagens são apaixonantes, os cenários são de tirar o fôlego e a história é tão gostosa… Eu nunca vou me cansar de assistir esse filme. Ainda quero comprar o bluray pra mim. Eu quero esse filme inteiro pra amar pra sempre.

3. Valente

ValenteEu chorei no cinema vendo esse filme. Foi um momento muito catártico pra mim e é por isso que ele está aqui. Me identifiquei muito com a Merida, personagem principal, e a experiência foi… Incrível, no mínimo.

A história acompanha a família Dunbroch através dos olhos de nossa heroína. Seu espírito livre se rebela quando sua mãe lhe informa que ela terá que casar com um dos herdeiros dos outros clãs aliados e Merida faz um trato com uma bruxa para mudar o seu destino.

Apesar de ter sido um filme que decepcionou muita gente, por causa da maneira que foi vendido antes da estréia, eu me encantei com a história. O foco é a relação mãe e filha e eu amei todos os momentos do filme. A cereja no topo do bolo é o cabelo da nossa heroína, porque vou te contar, animar aqueles cachos foi uma tarefa impressionante.

4. A Origem dos Guardiões

A Origem dos GuardiõesComo não amar? Esse filme conta a história dos guardiões da infância: Papai NoelSandmanFada dos DentesCoelho da Páscoa e, nosso personagem principal, Jack Frost.

Eu vi em 3D e foi o melhor 3D que eu já vi na vida! A DreamWorks realmente soube se aproveitar da tecnologia pra contar essa história, que não é menos impressionante em 2D. As penas da Fada dos Dentes, o gelo do Jack e a areia do Sandman são a melhor parte do filme! Sério, mesmo se você não gostar da história, vale a pena assistir só pela animação e pelo trabalho de computação gráfica que eles tiveram.

5. Orgulho e Preconceito

Orgulho e PreconceitoBaseado no romance de mesmo nome, escrito pela eterna Jane Austen, esse filme é um dos poucos casos que eu bato o pé e digo que o filme é tão bom quanto o livro – em algumas partes, até melhor!

Os Bennets são a família foco do filme, com suas filhas JaneElizabethMaryLidyaKitty, sendo Elizabeth a personagem principal, interpretada pela Keira Knightley. É um romance de época que foca na importância de se conseguir um casamento vantajoso para se melhorar de vida.

O que eu mais gosto no filme é a atuação de todo mundo e a fotografia. Os cenários são lindos e a iluminação sempre casa com o que está acontecendo na tela. A caracterização dos personagens é um ponto em que eu acho que o filme é melhor que o livro: apesar do espaço mais curto pra contar a história, o longa conseguiu colocar bastante detalhes para individualizar cada personagem, até aqueles que o livro deixa de lado, como Mary e a Sra. Bennet. Outro filme que eu não canso de rever.

6. Peter Pan

peterpanTodo mundo conhece essa história, eu imagino, mas esse filme é perfeito! A sua única falha é não ter usado a música Clocks do Coldplay no filme, como eles fizeram no trailer.

Peter Pan é um daqueles filmes que encanta. E o ator que faz o Peter é um fofo no papel, o que ajuda bastante. A Wendy também é bem carismática e até a Sininho é muito bem feita, diria que é a melhor parte. Não sei se vocês sabem, mas a personagem não é feita por computação gráfica, eles usaram uma atriz de carne e osso! Os efeitos só são usados para que ela fique do tamanho certo comparado aos seus colegas de cena e para que tenha o brilho característico do pó das fadas. A fotografia também é linda, o que é sempre um bônus.

7. O Fabuloso Destino de Amélie Poulain

ameliepoulain_capaAmélie cresceu isolada das outras crianças por causa dos seus pais e isso moldou a forma como ela vê o mundo. Sua aventura começa quando, já adulta e morando sozinha, encontra uma caixa com brinquedos e figurinhas do antigo dono do apartamento. Decidida a devolver os objetos para ele, Amélie o encontra e, anonimamente, entrega tudo ao seu dono. Vendo-o feliz por ter de volta aqueles objetos, ela toma para si a missão de fazer pequenos gestos para alegrar as pessoas, à sua própria maneira.

Por ser um filme francês, muita gente não tá acostumada com o ritmo da narrativa, mas a história é tão fofa que eu acho que vale a pena.

8. O Despertar de uma Paixão

O_despertar_de_uma_paixãoFoi difícil resolver colocar esse filme na lista. Ele conta uma história de amor muito bonita e, a meu ver, bem realista. Não tem essa coisa de amor à primeira vista, o que é bem refrescante, na minha opinião.

Kitty casa com o Dr. Walter Fane por pressão da família. Não se importa nada com ele no começo do filme e é apenas quando ele a arrasta para o interior da China para cuidar de uma epidemia de cólera. É nesse ambiente de tensão constante que eles descobrem que conseguem sim conviver apesar das diferenças e aos poucos, começam a se apaixonar um pelo outro.

A história não é leve, no sentido que a maioria das histórias românticas costuma ser, mas eu sempre me sinto bem no final desse filme. Ele me acalma, de certa forma.

9. Coraline

coraline_04Baseado no romance de Neil Gaiman, esse filme é uma obra de arte. Usando de um imagético que se aproxima aos filmes de terror, Coraline é um conto que eu comparo aos contos de fada.

A história acompanha a heroína que nomeia o filme enquanto ela explora a sua nova residência. Seus pais estão sempre ocupados e ela passa os dias entediada e achando tudo muito chato, incluindo seus vizinhos esquisitos. Mas tudo muda quando ela encontra uma estranha porta na sala. Do outro lado, há um reflexo do seu mundo, a diferença é que aqui, tudo é divertido. Até que sua “outra mãe” começa a insistir que a garota fique com eles.

É uma história muito inspiradora pra mim, porque tem esse ar de suspense e medo, mas não é terror e não há nenhum susto escondido no filme, apesar de terem várias cenas emocionantes. Deem uma olhada se tiverem tempo.

10. Divertidamente

divertida-mente-poster-personagens-camundongoEu chorei nesse filme também, ok? A Pixar mora no meu coração e sabe como me atingir, o que eu posso fazer?

Eu saí do cinema imaginando emoções personificadas me controlando dentro do meu cérebro e o tratamento que a narrativa dá à Tristeza é algo que eu acho que muita gente tem que aprender.

Mas acho que o que esse filme realmente me ensinou foi a aceitar meus sentimentos, em vez de fugir deles. Fugir dos seus sentimentos faz mal, crianças! Não vou dizer que eu saí do filme transformada e nunca mais engoli minhas lágrimas, porque isso seria uma mentira enorme, mas Divertidamente me ajudou a me conhecer e eu espero ser uma pessoa melhor por causa disso.

11. Mad Max

Mad MaxEu não esperava gostar tanto quanto eu gostei. O filme não tem muita história, mas é uma sequência enorme da ação ininterrupta, praticamente.

Admito que eu nunca teria ido assistir a esse filme antes da polêmica que surgiu em torno dele, com os MRAs (Men’s Rights Activists ou anti-feministas) tentando boicotar o filme. O fato dele ter incomodado tanto os machistas me fez querer assistir e não me arrependo, o filme é muito divertido, sem deixar de tratar de assuntos tensos e relevantes para o momento atual. O fato de que ele saiu perto do meu aniversário é só um bônus!

 

12. Samurai X

Samurai_XEsse é pra quem é fã do anime ou do mangá – ou dos dois, porque né? O filme é tão bem feito, as batalhas são tão bem coreografadas, é tudo tão real, que eu diria que é até melhor que o anime!

São três filmes pra contar a história de Kenshin Himura, nosso samurai ruivo preferido! A caracterização de todos os personagens está perfeita, o Sanosuke é um dos melhores personagens do filme, ao lado do protagonista.

Eu estava surtando internamente, abraçada a uma almofada, durante o tempo todo que vi o filme. Fiz até meu pai assistir comigo! E a gente fez maratona, porque o segundo filme termina num cliffhanger e não teve como não passar logo pro terceiro. Os três filmes estão no Netflix, podem ir assistir logo!

Um comentário em “Top 12 Filmes da May

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *