Uma História de Magia

Ontem, lendo o blog da Thay, me lembrei da primeira vez que Harry Potter entrou na minha vida. Não, não foi vendo o filme ou lendo o livro. Eu estava no shopping com a minha mãe e era bem pequena, devia ter uns 6 ou 7 anos. Sempre gostei de ler, então sempre parava em frente a livrarias ou estantes em lojas que vendessem livros. Então lá estava eu, parada, olhando para as capas da seção infanto-juvenil. Sim, uma criancinha de 6/7 anos olhando a seção infanto-juvenil. Bati os olhos na capa colorida do primeiro livro da série, Harry Potter e a Pedra Filosofal. Mas estava na hora de ir embora e ficou por isso mesmo. Mas a capa me chamou a atenção e eu falei pra minha mãe que queria.

No natal daquele ano ou no aniversário do ano seguinte, não lembro, ganhei o livro. Fiquei animada e tal. Mas acabei não lendo. Entendam, eu era uma criança com vida social, tinha outras crianças com quem brincar e outras coisas na minha cabeça na época.

O livro ficou esquecido durante anos. Até que saiu o filme. E eu lembrei daquela capa que me encantou quando eu era menor. O primeiro filme foi lançado quando eu tinha uns 11 anos, bastante tempo pra ficar sem ler um livro XD Mas eu lembrava. Só que eu só fui ler depois de ver o filme.

Eu me apaixonei. Pelo filme e pelo livro. Fiquei ansiosa pelos próximos capítulos da série. Logo que saiu o segundo filme, eu fui ver. Tive pesadelos com o basilísco e só terminei de ler A Câmara Secreta depois de uma semana.

Depois disso, eu devorei os livros. Li o terceiro e o quarto sem esperar pelo filme e sofri ao ter que esperar o lançamento dos outros. Chorei e ri junto com os personagens e sofri a cada momento de suspense e tensão da história.

Agora o final começou e, em breve, terei que dar adeus ao bruxinho que me fez viajar a um mundo mágico e sonhar com hipogrífos e gigantes, lobisomens e maldições.

Sei que vou chorar quando eu estiver sentada na sala do cinema ano que vem vendo a saga terminar e me despedindo da magia de Hogwarts.

Talvez eu me vicie em fanfics e até escreva algumas. Mas acho que a história vai se esgotar por si própria e ficará guardada nas lembranças de todos os fãs que acompanharam as aventuras do trio da Grifinória.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *